Segue-me | Tumblr

тιago, 18 anos. Um rapaz como os outros que encontra demasiadas coisas por entre as coisas que devem ser notadas. E este é um espaço meu, entre todas as outras coisas.


 


between.




Quinta-feira, 22 de Dezembro de 2011

We found love.

 

E quando te olhas ao espelho, esfregas os olhos e continuas a ver o mesmo? Passas as mãos sobre o rosto e sentes cada contorno, cada traço. Sentes-te uma pessoa feia com o espelho na tua frente. Não te achas alguém feio. Naquele momento tu és feio pois só isso te interessa. E pode mesmo escorrer-te uma lágrima pelo rosto enquanto por dentro te caem várias. Focas-te num ponto. Esse ponto és tu. Contornas-te com o olhar no teu reflexo até que desistes de procurar uma ponta de beleza. E há o momento em que fechas os olhos. Uma das tuas mãos ainda te toca o rosto e talvez se cruze com uma lágrima que te chegaria aos lábios. E nem o seu salgado corrigiria a amargura que te preenche. Começas a pensar em ti. Pensas nele. Pensas nela. Pensas nos teus amigos que te parecem felizes. Viras as costas ao espelho e vais a passo apressado a correr até algo que possa reproduzir a tua música favorita, uma alegre, que te possa fazer sorrir e sentir o que é a vida. Começa a tocar e tu coloca-la no volume máximo para que seja o suficiente para não te ouvires cantar, pois também achas que cantas mal. De imediato sentes-te puxado a apagar as luzes. Sabe melhor não te veres a dançar e sabes que praticamente todos os vidros te podem reflectir e não queres mesmo ver-te. E no escuro ouves a voz de quem canta, ouves a parte instrumental. Isso inicialmente. Depois deixas-te levar pelos sons e dás por ti a abanar ao ritmo a cabeça. Depois os pés. Finalmente o teu corpo. E entras no ambiente que tu próprio foste capaz de criar. O sangue continua a escorrer-te nas veias, o teu coração bombeia-o incessantemente. Sentes o ar a passar pelo teu cabelo enquanto o abanas. Os braços agitam-se. Podes mesmo estalar os dedos, não te ouves.  Não pensas em mais nada e danças. Danças mesmo. Nem sabes se bem ou se mal, porque no escuro também não interessa. Saltas. Saltas ao ritmo. Na música ouves palavras que te fazem recordar aquela pessoa, aquele momento. Recordações felizes. Continuas paralelo ao que te circunda pois já nem sabes onde está o que te rodeia. Naquela parte da música o ritmo abranda-se um pouco e tu lembras-te, mais calmo, porém que continuando a dançar, nesse ritmo mais lento, que não havia muito tempo e estavas triste contigo mesmo. E nessa altura, apenas não queres saber. Deixas-te continuamente ir. O ritmo volta a aumentar e tu deixas-te ir por ele. Sentes a respiração ofegante, o bater do coração acelerado. Sentes-te mais leve e até sorris ao escuro em tom de agradecimento sem precisares de ter consciência disso. Dás por ti a ficares cansado e que a tua música favorita, por tanto a ouvires, sabes que dentro de alguns segundos acaba. Então corres até ao interruptor mais próximo, ligas as luzes. Olhas as tuas mãos. E voltas até ao espelho que te viu antes. Assim que te deparas com ele vês-te e sorris-lhe. Deixou de importar a ideia social de beleza. Tu naquele momento sentes-te bem. E assim que a música termina sentes que encontras-te o amor por ti mesmo.

E isso sabe tão bem. 


left by тιago às 19:46
link | deixar comentário | favorito
(65):
De Catheяine a 27 de Dezembro de 2011 às 12:45
Ahah, parece que não és o único a fazer coisas dessas (x
Depois de ler este texto, que actually, A-M-E-I, não é preciso ser muito estúpida para perceber que não deves *estar muito bem*, se precisares de alguma coisa...


De Daniela a 26 de Dezembro de 2011 às 20:57
Julguei que era a única maluquinha que fazia coisas destas :D


De Eleanor. a 25 de Dezembro de 2011 às 19:13
adorei o texto :D
*estás bem? é que parece-me que há algo de errado neste momento contigo...*


De Flor-de-lis a 25 de Dezembro de 2011 às 19:10
Este post é ....maravilhoso, fabuloso, muito bom e talvez o meu preferido. Acredita que adorei do principio ao fim e que me identifiquei com ele.
Bjs


De Catii a 24 de Dezembro de 2011 às 00:47
Não sei como é no teu caso , mas pareces mt genuino ,apaixonado e mais importante interessado .
Eu não sei se achas que estás apaixonado por ela e obvio que nao tens de me dizer , mas msm assim ainda tens coisas por aí que te fazem pensar nela ,penso assim .
Afinal isto serve msm para dizermos o que achamos sem nos conhecermos >-


De Soph a 24 de Dezembro de 2011 às 00:31
ahaha okok não digo mais nada x)


De maguie. a 24 de Dezembro de 2011 às 00:31
Fizeste? Acho que não vi isso (:


De Annye . a 24 de Dezembro de 2011 às 00:30
Ainda bem ! :D


De Soph a 24 de Dezembro de 2011 às 00:28
ho foi o primeiro que me veio à cabeça xD mas quem diz jumbo diz outra coisa x)


De maguie. a 24 de Dezembro de 2011 às 00:18
Ahm eu sei, mas eu achei que era giro para fazer, já que não tenho mais nada de interessante para fazer da minha vida (:
Hum está bem (:


It exists between us since 22nd July 2011