Segue-me | Tumblr

тιago, 18 anos. Um rapaz como os outros que encontra demasiadas coisas por entre as coisas que devem ser notadas. E este é um espaço meu, entre todas as outras coisas.


 


between.




Sexta-feira, 17 de Fevereiro de 2012

absorto.

 

Custava-lhe perceber o que fazia das pessoas tão complicadas. Ele prefere acreditar que é não acreditando em filosofias explicativas que se entende o que é ser-se ser humano. O que sabe é que são uma complicação. Um complicação que em tudo não têm explicação. Venham com justificações plausíveis de serem fiáveis para alguns, venham. Dele receberão grande reprovação todas elas. A menos que sejam elas explicativas da essência. Sim, porque ser não envolve só ter-se a essência de existir. É preciso compreender que todas estas cabeças dominantes na Terra, à primeira vista, se regem de uma essência que é comum a todos. Tudo o resto são as complicações. É o que cada um é. E isso é o que ideias propostas por gente vista por ser superior, nomeadamente apelidados de filósofos, procura coexistir num ponto. Tretas. Eles podem tentar, mas nunca conseguirão. E ele sabia-o. O ser humano tem por base algo que não lhe é transcendente: procura explicações para tudo. E ele encontra-as. Comparativamente, com grande facilidade. Só não se encontra a si mesmo. Não é que estejam perdidos. Aí está, não se pode encontrar algo de que não se desconheça o paradeiro. E é por isso que ele sabia que todos os que fisicamente lhe eram, ou possuíam a capacidade de o ser, semelhantes a ele, não eram quem ele procurava explicar. Ele partia de si. Era por isso que só, numa qualquer rua olhando a calçada cabisbaixo, ele sabia mais do mundo. E continuava a aprender de si mesmo. Porque naquele momento, como em tantos outros, o mundo era ele mesmo. É por isso que a solidão sempre lhe soubera maliciosamente bem.


left by тιago às 21:24
link | deixar comentário | favorito
(55):
De jade e. wood a 18 de Fevereiro de 2012 às 22:36
claro que sei, então, eu nasci lá. xd
pois mas nos países em redor tem o mesmo nome; ah okay e de nada. xd


De anne a 18 de Fevereiro de 2012 às 21:53
nessa maneira de definir solidão, sim.


De Annye . a 18 de Fevereiro de 2012 às 21:42
a mim também, ainda esta semana aconteceu - me isso .


De hope a 18 de Fevereiro de 2012 às 21:40
Isso era o perfeito! Passar aos dois á primeira, ter uma nota minimamente razoavel e curtir o resto do verão!


De avery. a 18 de Fevereiro de 2012 às 21:35
acho que deixavas de achar se passasses um dia comigo.
é mesmo.


De inês silva- a 18 de Fevereiro de 2012 às 21:34
eu também já não a ouvia à três séculos, mas passou no outro dia no rádio e pronto... houve aí uma fase em que eu andava obcecada com ela! também gostava muito*


De hope a 18 de Fevereiro de 2012 às 21:28
Pois, isto não são férias nem são nada -.-
Nem me lembres do verão, morro de saudades! Mas este que espere aí quietinho, porque não me apetece nada, graças aos lindos exames -.-


De avery. a 18 de Fevereiro de 2012 às 21:27
eu passo a vida a reclamar, no blog tem de ser igual. you know.
é um horror, né?
thanks.
mas acaba por passar, também só se está sozinho se se quiser. há sempre alguém que quer/gosta da nossa companhia.


De inês silva- a 18 de Fevereiro de 2012 às 21:21
ahah, exactamente! x)


De Ynis a 18 de Fevereiro de 2012 às 21:18
é tipo o teu ninho de ratos nao?! xD'D
--
por acaso.. maior parte das vezes eu lei-o msm acompanhada... \o/ quando me meto a ler, tou sempre cm a mama em casa e,e ou entao tou sempre cm uma carrada de otarios de 14/15 anos na sala de aula :B


De PequenoCachimbo ™ ®© a 18 de Fevereiro de 2012 às 21:31
lindo ninho de ratos oh yeah \o/... e.e
--
u-u eu desculpo sim.. acho bem... acho bem...


De PequenoCachimbo ™ ®© a 18 de Fevereiro de 2012 às 22:54
eu sei, meine liebe, eu sei xD'D


It exists between us since 22nd July 2011