Segue-me | Tumblr

тιago, 18 anos. Um rapaz como os outros que encontra demasiadas coisas por entre as coisas que devem ser notadas. E este é um espaço meu, entre todas as outras coisas.


 


between.




Terça-feira, 20 de Março de 2012

Enquanto houver água.

 

O gelo não verte. Primeiramente necessita ele mesmo de derreter e, assim, através de uma transformação de estado físico, correrá líquido por onde lhe abrirem caminho. É tudo uma questão de o libertar, então em água. Que aconchego podia oferecer um canto qualquer entre duas paredes cruzadas a alguém que se vê sofrer por sentir falta da vida? O suficiente para que alguém preenchido de uma alma partida em vestígios espalhados mais ou menos longe do pulsar do miocárdio possa ver-se interiormente aquecido numa suficiência que ao gelo confira o estado líquido. Premir as pálpebras forçadamente não resulta em situações de aconchego. Num início de choro trémulo, parte dele parte para parte incerta do seu exterior e, suportando-se contra a parede, vai deslizando até que todo o seu peso seja suportado pelo chão vigoroso, duro, gelado. Um turbilhão de ideias de desprezo sentimental no que toca ao ser-se vivente atormenta qualquer resto de água congelada que ainda pudesse existir. Enquanto chora, vai levando a sua mão desde a cara até ao peito, e cada toque da sua mão parece-se mais aproximadamente com uma lâmina que lhe rasga a pele, perfurando desde a carne até aos ossos. Tanta dor ali exposta, como se de uma tortura momentânea chorar se tratasse. Aquilo, com menosprezo de homem que era, era apenas uma consequência covarde de alguém que, preso numa teia de sensações, se deixara levar pelo descuido de ser feliz imprudentemente. Deixar-se apaixonar, portanto. O amor é muito jocoso mas, depois de partilhado, deixara-o sem nada disponível. Pouco mais que pele e osso restaram. E fora esse esgotamento que o levara cruelmente a uma nova solidão, a estar solteiro. Sim, inicialmente, quando se perde alguém que nos é tudo, ficasse como se só. Na verdade até o estamos. Mas aparece alguém com filosofias persuasoras que mostra que a nossa solidão na prática nunca existe. E muitas vezes esse alguém somos nós mesmos. Mas isso só quando o chão já nos resfriou toda a água contida em nós novamente. Secam-se as lágrimas, e nasce uma nova ilusão à espera de ser desfeita por via da esperança de que seremos mais felizes, de novo. E com sorte (?) até o voltamos a ser. Só que a felicidade é geometricamente uma linha reta, que tem um único sentido. Em consequência, nunca se volta a ser igualmente feliz. É por isso que a saudade cabe a todos. Cabe a todos uma vontade, desde mínima a infinita, de se ser feliz como se foi. E ainda vamos chorar muitas vezes mais. Pelo menos, enquanto houver água.


left by тιago às 21:21
link | deixar comentário | favorito
(48):
De Autumn a 22 de Março de 2012 às 19:01
exacto, penso o mesmo.


De PequenoCachimbo ™ ®© a 22 de Março de 2012 às 18:45
pash.. tao tu tens mesmo tiques de gay o:?!


De Soph a 22 de Março de 2012 às 18:44
fazem mesmo..


De jade e. wood a 22 de Março de 2012 às 18:39
eu dormiiii, e nao dormia tao bem há tooootil


De * wild * a 22 de Março de 2012 às 18:34
Pois é, infelizmente ....


De Autumn a 22 de Março de 2012 às 18:33
acho a poesia demasiado ensaiada, sei lá...
de nada. :)


De avery. a 22 de Março de 2012 às 18:21
esquece, eu é que entendi mal; desculpa.


De Mag a 22 de Março de 2012 às 18:09
Está brutal. Muito bom mesmo. A frase do fim "E ainda vamos chorar muitas vezes mais. Pelo menos, enquanto houver água.", está fenomenal. =)


De R*M a 22 de Março de 2012 às 16:53
Loo(o)L
ja vi o video e voces sao completamente loucos, mas nada de grave, pena é que nao se consegue é perceber praticamente nada do que dizem devido à qualidade do som.
ahahah

ah tenho um desafio para ti no meu blog :P


De тιago a 22 de Março de 2012 às 18:41
ahahaha, pois

já fui ver, mas só devo fazer no fim-de-semana, ok? (:


De R*M a 22 de Março de 2012 às 19:14
eu sei que disse que ia fazer um testamento mas nao tava pa ai virada ;)
ok, quando puderes fazes, a mim tambem ja me fizeram no inicio da semana e so pude responder hoje.


De тιago a 22 de Março de 2012 às 20:04
acho bem então ahah
eu sábado, se não estiver para escrever outra coisa, faço-o ;)


De bladiceia a 22 de Março de 2012 às 10:29
eu moro em Sintra; e desculpa ter demorado tanto tempo a responder.


It exists between us since 22nd July 2011