Segue-me | Tumblr

тιago, 18 anos. Um rapaz como os outros que encontra demasiadas coisas por entre as coisas que devem ser notadas. E este é um espaço meu, entre todas as outras coisas.


 


between.




Terça-feira, 29 de Outubro de 2013

XI

Pelas vezes que fixei um ponto numa parede pálida e me dei cor escrevendo, por essas vezes, pelas paredes e por quem as fez, por quem as pintou, pela escrita, pela cor, por mim, peço que aos meus olhos que se mantenham abertos até que eu fixe um novo ponto numa outra qualquer parede, que seja mais colorida ou não, e que continue a escrever, mesmo que venha a ficar sem as mãos que materializam tudo isto que vejo. E peço que se construam mais paredes porque por maiores que sejam as existentes, não se deve negar aos olhos de um escritor a imensidão. E sinto a escrita como algo tão íntimo e interior que, como é sabido pela relatividade, só pode existir por haver e ser grande, enorme, o exterior. E que os meus olhos vejam tudo isso até não poderem mais. E mesmo aí, eu farei uso da memória e da imaginação, como sempre faço quando os fecho. E que fique tudo escrito, e não me negando a morte o meu viver, eu serei imenso eternamente. 


left by тιago às 00:05
link | deixar comentário | favorito
(1):
De jade e. wood a 30 de Outubro de 2013 às 19:51
obrigada, é bom estar de volta, tive saudades disto tudo :)


It exists between us since 22nd July 2011