Segue-me | Tumblr

тιago, 18 anos. Um rapaz como os outros que encontra demasiadas coisas por entre as coisas que devem ser notadas. E este é um espaço meu, entre todas as outras coisas.


 


between.




Segunda-feira, 3 de Fevereiro de 2014

XIX

Quando olha para o relógio, faltam quarenta e três minutos para o fim de semana acabar.
Apercebe-se que não fez nada do que mentalmente se comprometera a fazer. Porém, logo percebe que na verdade não se tinha comprometido a nada. Devia ter estudado, pensa. Mas não o queria fazer. Estava aborrecido com o que seria o princípio da sua vida de estudante e pensar nela entediava-o indescritivelmente.
E estava farto de estar solteiro. Mas que raio!, quase três anos assim, comenta. É preciso ser-se ele para entender as razões. E na impossibilidade disso, ficará o mistério, que, além de ridículo, é incerto. E embora seja todo o mistério incerto no quão misterioso é, ou deve ser, o que lhe diz respeito, cai sobre este uma miscelânea de incerteza desde a sua origem. Entenderá ele as razões? Saberá ele delas?
Só não o questionamos disso porque lá está ele uma vez mais num diálogo consigo mesmo enquanto o vento da noite de inverno faz estremecer a porta do seu quarto. Não sabe bem por onde veio a corrente de ar, mas também não quer saber.
Imagina-se lá fora. Acharia frio, mas talvez estivesse melhor.


left by тιago às 00:18
link | deixar comentário | favorito (2)
(6):
De Miguel Alexandre Pereira a 5 de Fevereiro de 2014 às 21:54
Não me canso de dizer que escreves muito bem mesmo! Fica-se completamente preso às tuas histórias fantásticas. Quando se acaba só se tem vontade de ler mais :)


De Autumn a 5 de Fevereiro de 2014 às 19:35
sendo completamente honesta contigo, odeio escrever poesia, às vezes só o faço porque é uma maneira mais fácil de expôr os meus sentimentos que são demasiadas vezes muito confusos. no entanto, aprendi aos poucos a gostar mais daquilo que escrevo. http://infinitum-nihil.blogs.sapo.pt/tag/incognito aqui tenho alguns, dois ou três já foram publicados na escola.


De maguie. a 3 de Fevereiro de 2014 às 22:46
nem sei o que dizer, porque nem sei se isso é bom ou não xD


De Catie ♥ a 3 de Fevereiro de 2014 às 14:37
É triste que assim o seja !


De Isabela a 3 de Fevereiro de 2014 às 12:01
Tudo a seu tempo...vais ver que mais cedo ou mais tarde, vais encontrar a tua metade da laranja.
Boa semana! :)


De summer wright a 3 de Fevereiro de 2014 às 00:46
sim, é fictício. concordo. e é mesmo o meu tipo favorito de beleza, aquela que a maior parte das pessoas não vê.


It exists between us since 22nd July 2011