Segue-me | Tumblr

тιago, 18 anos. Um rapaz como os outros que encontra demasiadas coisas por entre as coisas que devem ser notadas. E este é um espaço meu, entre todas as outras coisas.


 


between.




Domingo, 15 de Janeiro de 2012

Respiremos.

 

Às vezes não sei. Não sei se o mundo se vê doente por insanidade ou se por consciência. Não sei se quando vou para desistir já não o havia feito antes de o decidir. Ou quando tento suster a respiração por horas os pulmões se esforçam por soltarem o ar em menos de um minuto. Talvez por serem órgãos vitais clamem por vida. Talvez seja por isso que do exterior, o que respiramos, venha tanta diferença para em nós fazer ela mesma. Depois procuramos mudarmo-nos. Seja lá da forma que for, não interessa. O que interessa é o que entra, fica e sai. E quando as pálpebras que limitam o nosso olhar se juntam, os pulmões sobrecarregam a dose do que pela boca ou pelo nariz nos entrou. Nós não comemos palavras, mas podemo-las vomitar. Será pela respiração que nos entram? Sim, porque as palavras ou vêm do coração ou da cabeça. E cabeças no ar há muitas. Mas não creio que faça sentido não respirando a nossa vida ter fim. Há vidas que terminam bem antes de um último suspiro. O ar que nos entra, que faz ele? Contacta o sangue. O sangue corre do coração para o coração. E quando volta a sair-nos na expiração, leva-nos cópias do que encontrou. Depois não admira que neste mundo o ar ande poluído, sujo ou mesmo pesado de tantos corações onde passou. Que questão biológica. Qual cigarro ou fumador. Esse fumo encrosta-se dentro de quem o respira. O ar, esse, mostra que a vida é a principal causa de morte.

Só isso.


left by тιago às 15:51
link | deixar comentário | favorito
(56):
De Dany a 17 de Janeiro de 2012 às 22:08
eu adoro, mas talvez também seja por eu gostar da matéria. Beijinhos*


De Annye . a 17 de Janeiro de 2012 às 21:59
sim , é bué estranho . mas a mim, as mãos ficam super roxas ;x

ya , ñ me posso queixar :) . achas mesmo ? olha q eu ñ...


De Ynis a 17 de Janeiro de 2012 às 21:53
uma catatua? ahahahah xPP

T.T oopaa n digas isso que casar é um dos meus sonhos x,x..
O: o quê?! o teu coise é assim tao pequeno?

a serio?! '-'


De Ynis a 17 de Janeiro de 2012 às 22:49
olha vi-te na tv e,e... no gosto disto (uma catatua xD'D)

opaa cuidado mesmo T.T
mudo mas tu gostas u.u

te amanha (ou nao xDD') .l.


De maguie. a 17 de Janeiro de 2012 às 21:49
Não gosto de me sentir assim.
É, a mim também. Ou talvez seja melhor para depois de amanhã, ou depois de depois de amanhã... é uma boa hipótese. haha
Vamos os dois e arrasamos com aquilo hahaha!
E ficou, devias ter visto mesmo! haha
É, espero que sim. :)


De a rapariga que permanece anónima a 17 de Janeiro de 2012 às 21:46
Considero-me confiante na dose certa, não sei se me entendes. Tenho confiança em mim nos meus aspectos mais positivos e tenho inseguranças naquilo que considero mais negativo ou que me faz duvidar.
Quando me acontece isso, fico sempre a pensar se o meu cérebro anda a fazer das suas.


De Annye . a 17 de Janeiro de 2012 às 21:36
a mim é sempre! também o facto de ter má circulação nas mãos ajuda muito -.-

claro ;)


De PequenoCachimbo ™ ®© a 17 de Janeiro de 2012 às 21:35
pena teem as galinhas e,e (ebaaaa Afro admite que é uma ave xD'D)

opaa eu tenho que comparar os gajos cm o homem da minha vida 8D..
u-u sim sim.. tu querias era festa xD'D... desporto na cama e.e...
inveja?! onde?! quem?! quando?! nao estou a ver nada ^^

u-u claro..nao é pha me gabar, mas maior parte desse texto foi ideia minha muahahaha... e.e

bijoo
o/ hasta


De * wild * a 17 de Janeiro de 2012 às 19:33
éh até parece!


De Dany a 17 de Janeiro de 2012 às 18:09
exactamente como eu. beijinhos*


De maguie. a 17 de Janeiro de 2012 às 17:56
Nem foi isso que eu quiz dizer, mas pronto. Se tu o dizes x)


It exists between us since 22nd July 2011