Segue-me | Tumblr

тιago, 18 anos. Um rapaz como os outros que encontra demasiadas coisas por entre as coisas que devem ser notadas. E este é um espaço meu, entre todas as outras coisas.


 


between.




Quinta-feira, 26 de Janeiro de 2012

Pure madness.

Lá vai uma, lá vão duas, três gaivotas a voar;
uma é minha, outra é tua, e a terceira vai-te cagar.

 

 

Não sei se sabem: eu sou, por costume, alguém que para além de insano no que toca à mentalidade, também costumo fazer as pessoas rir (ou chorar, depende do ponto de vista). Mas costumo grizar-me vezes sem conta durante o dia (e quero lá saber que a palavra não esteja no dicionário português, que a metam!) e não é sozinho. Há, principalmente, duas lindas jovens de cabelos ruivos e longos, gémeas inclusivé, que me costumam acompanhar nesses momentos. Nesses e noutros, porque no fundo não deslargam. (NOTA: tudo o que descrevi anteriormente sobre as duas raparigas que se grizam comigo é totalmente mentira, e só o escrevi para causar boa impressão, como se isso me interessasse). Faço-o por aquilo que digo, por aquilo que vejo, por aquilo que faço. Mas as pessoas que me vêem pouco se interessam com o motivo, porque na maior parte das vezes nem motivo há. Sim, eu rio-me sem motivo. "Quem se ri sem motivo é tolinho!" dizem. Olha que bom! Nunca vi uma pessoa normal ir muito longe na vida. Mas também não sou normal porque quero ir longe na vida. Não há motivo, portanto culpo a genética. Provavelmente os meus pais, visto que sou o primeiro filho, tentaram aquilo de várias formas e o espermatozóide que eu era viu-se confuso e tonto. Depois aquela coisa cresceu e voilá, je suis here! Uma obra d'arte! Um bom rapaz, gostoso, atraente e bastante amável. No fundo, qualquer uma de vocês morreria ao ver-me. Mas aquilo que me faz eu ser mesmo bom e possuir o meu excitante corpo atlético é a natação. Eu nado croll (e não criss cross1, ou mesmo crossing over2 como me confundi hoje) e costas que é uma coisa louca! A piscina que se cuide... ou que me cuide eu. Sim, porque no final do período, quando tiver 12 a Educação Física, não haverá sex-appeal suficiente em mim para me subir a nota. Não que eu não seja mesmo lindo, mas acho que a stôra não possui qualquer fetiche com pessoas mais novas... e como é que eu concluí isto? Bem, eu na piscina, tal como todos os gajos, andamos lá de calções de licra justa ao pacote e ao resto. E quando é para saltar do bloco, ao que percebi, o que realmente é importante é o quanto empinamos o rabo para a funcionária que se encontra mesmo atrás de nós a tratar da papelada do outro lado do vidro ao pé da piscina. A stôra vai explicando por detrás qual deve ser a inclinação perfeita e tudo o resto. Portanto, se ela tem resistido ao meu pacote de proporções incalculáveis, é porque não tem esse género de fetiches. Logo, vou tirar 12. Ah, e quanto à funcionária: ela já me deve ter visto mais composto a fazer cenas, mas a ser apalpado pela Loira enquanto a Mira se grizava na bancada e eu me ia excitando, não. E assim que eu empinei o rabinho para a funcionária involuntariamente, acho que ela ia morrendo. De susto, claro está. E de inveja! Quem lhe dera a ela ter o meu rabo fofo! Depois dos rabos passamos para Biologia. Tudo a ver, claro está. Consegui fazer com que o teste de amanhã fosse adiado para segunda-feira e fiquei todo feliz! Eu até casava com a stôra, mas não. Acho que isso faria muitos se questionarem do meu 18 no 10º ano, portanto, sem influências, continuarei solteiro. Mesmo assim, depois de a ter dedicado à minha cama, quero dedicar esta música linda que está a tocar aqui, You Da One, à minha stôra e a todas as meninas lindas deste planeta! Ah, e um aparte: para uma certa pessoa, dedicava-lhe a You Da Four se existisse. A quem: à minha ex. É tão cabra que só me disse 'Olá!' hoje porque estava de mãos dadas com um possível seu novo namorado, a quem poderia cantar a música que eu lhe dedicaria. Deve andar com o cio.

 


1- tática de ataque do basquetebol;
2- fenómeno biológico associado à meiose;
APRENDAM ALGUMA COISA!!!

 

Fiquem bem gente linda!

 

left by тιago às 21:52
link | deixar comentário | favorito
(47):
De Daniela a 28 de Janeiro de 2012 às 10:30
Sou-te sincera , tenho passado tão pouco tempo por aqui que não tive tempo de ler o teu post . Mas hoje li e parti-me a rir , ahaha , a sério :D
Ahaha , que tonto :b


De avery. a 27 de Janeiro de 2012 às 21:33
tentado dar, sim, conseguir, não. há coisas que deveria tentar mas que vão contra o que sou e não vou abdicar daquilo que sou por ele.
a minha versão da história é bem diferente dessa...


De Flor-de-lis a 27 de Janeiro de 2012 às 21:30
Olá! Se não tiver as 17h esperas pelas 18?


De Isabela a 27 de Janeiro de 2012 às 21:26
Olá :)
Desculpa a invasão, mas deixa-me dizer-te que tens uns posts interessantes ahahah.


De Soph a 27 de Janeiro de 2012 às 21:22
Ahah claro, toda agente tem certas coisinhas tão ignorantes que são de grizar e muito :p


De - mariana. ♥ a 27 de Janeiro de 2012 às 21:12
obrigada :)


De Catii a 27 de Janeiro de 2012 às 21:11
quem lhe dera ter o teu rabo fofo ? ahahahah


De inês silva- a 27 de Janeiro de 2012 às 21:09
ya, uma parolice bem grande. imagina lá que só existissem sentimentos que nos fazem sentir bem... era muito bom, e a maior parte dos meus problemas estavam resolvidos aha


De - mariana. ♥ a 27 de Janeiro de 2012 às 20:43
adoro o blog, estou a seguir :)


De inês silva- a 27 de Janeiro de 2012 às 20:41
ah, estava a ver! (a)
passaste tu e eu.


It exists between us since 22nd July 2011